Crítica – Blade Runner 2049

Começo esse post dizendo: Se você gosta de ficção cientíica, por favor assista e venha conversar conosco

Eu saí da sala de cinema extasiada, e até mesmo ousei dizer que foi o melhor filme que assisti no ano, até o momento. Assisti pela manhã e estou animada com ele até agora, repassando cenas na minha mente. São quase 3h de filme, e mesmo tendo um ritmo mais lento, eu não consegui me cansar. Fiquei maravilhada com cada cena. A fotografia é um espetáculo por si só, mas também a trilha sonora, os figurinos, os carros voadores e o elenco chegam a tirar o fôlego.

Cheguei até mesmo a comparar as cores de algumas cenas com o Mad Max de 2015, e lembrei também do quanto estou adorando essa onda de sequências de blockbusters, principalmente quando não somos obrigados a assistir os antigos para entender os novos.

Eu esperava muito de Blade Runner 2049, e ele ultrapassou minhas expectativas. O elenco todo mandou muito bem nas atuações, passei um tempo ansiosa para o Leto aparecer e quando apareceu eu só pensei WOW. Infelizmente ele aparece pouco, mas como todos os papéis do Leto e como o próprio ator/músico, ele é um personagem bem singular.

As personagens femininas também não deixam nem um pouco a desejar, são complexas, fortes e seguras de si. E claro que Ryan Gosling conquista nossos corações como protagonista.

Se ainda assim você não está convencido, só digo uma coisa: Harrisson Ford faz parte do elenco.

Blade Runner 2049 se passa 30 anos após o primeiro, e Ryan Gosling (La La Land, Diário de Uma Paixão)  interpreta o agente K. Ele é um Blade Runner, ou seja, um oficial que elimina seres artificiais que não possuem permissão para continuar vivendo. Logo na primeira cena, ele confronta um desses seres, interpretado por Dave Bautista (Guardiões da Galáxia), e aí a trama começa a ser desvendada.

É um filme repleto de ação, drama, e com bastante significado. Pensando, por exemplo, no conceito dos humanos, integração entre homem e máquina, e diversas outras coisas. E a gente termina ele com muitas perguntas, como a maioria dos filmes do gênero, mas ainda assim maravilhado.

Blade Runner 2049 estreia dia 05 de Outubro.

Texto por Julianne Vituri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *